RESENHA #1 Amor de Redenção




Título : Amor de Redenção
Autora : Francine Rivers
Editora : Verus
Ano : 2010
Gênero : Literatura estrangeira / Romance Cristão
Minha Nota : 5/5
Páginas : 351
Formato : E-book


Sinopse : Nesta extraordinária versão da história bíblica de Oseias, a escritora Best-Seller Francine Rivers nos conta o comovente romance entre uma prostituta e o honesto e gentil agricultor que se casa com ela. A história também funciona como um lembrete do amor incondicional de Deus por seu povo. Amor de redenção começa com a Corrida do Ouro de 1850 e sua atmosfera de dura competitividade e ganância. Angel, vendida como prostituta quando criança, aprendeu a desconfiar de todos os homens, que a vêem apenas como uma forma de satisfazer seus desejos. Quando o virtuoso Michael Hosea recebe de Deus a ordem de se casar com Angel, ele obedece, apesar de seus receios. Com o tempo, ela aprende a amar não só Michael, mas também Deus. Rivers mostra aqui sua habilidade de tecer temas espirituais e tensão sexual em uma história muito bem contada, talento que a tornou conhecida como uma das romancistas mais populares do gênero da ficção cristã. 

1850 . A década da corrida do ouro, quando os homens vendiam até mesmo a alma por uma boa pepita, e as mulheres vendiam o próprio corpo para sobreviver. Após a dolorosa perda da mãe e o desprezo do pai, Sarah é vendida para Duke, um homem que perante a sociedade aparenta ser bom e correto, mas que na realidade é um cafetão da pior espécie.

Duke tinha planos para Sarah, que na época tinha apenas oito anos de idade . Ele tinha uma "queda" por garotinhas e abusou dela até os treze e quando se cansou a obrigou a atender outros homens em seu quarto. Com o tempo ela aprendeu a bloquear o que sentia e pensar em outras coisas que não a vida que levava. Ela aprendera a ser uma parede, dura e fria como uma pedra, e esse era seu mecanismo de defesa.


Aos dezesseis conseguiu fugir de Duke mas acabou caindo nas garras da duquesa , uma dona de bordel que a abrigou quando chegou toda machucada e suja em Pair-a-dice , mas essa aparente bondade teve um preço. Para Sarah a vida não tinha mais sentido, ela se acostumara a viver daquele jeito e já não tinha planos de sair de lá. Ela jurou pra si mesma que nunca deixaria ninguém entrar em seu coração, ninguém nunca a conheceria de verdade, por isso adotou um novo nome: Angel. Sua beleza encantava a todos em Pair-a-dice, seus longos cabelos louros e seus olhos de um azul profundo enlouqueciam os homens que faziam filas para ter trinta minutos com ela.


Michael, um fazendeiro da região, era um homem forte e determinado, com uma aparência que deixaria qualquer mulher sem ar. Ele soube no instante em que viu Angel caminhando toda vestida de preto na calçada que sua espera tinha terminado, tinha encontrado aquela que seria sua esposa. 




Francine Rivers conseguiu mesmo me ganhar com uma história linda e muito divertida. Angel é uma jovem marcada pelo sofrimento e pela dor do abandono e mesmo assim é forte! Eu me surpreendi muito com ela. Apesar de tudo no fim ela conseguiu se libertar da vida que levava e compreender o quanto valia. Michael tem uma personalidade serena e tranqüila, e sabe muito bem como transformar isso em charme para conquistar Angel e acabou me ganhando também.
Os personagens foram muito bem desenvolvidos, os secundários principalmente. Conforme vamos avançando na leitura o catálogo de pessoas vai aumentando e todos eles são peças-chave para o contexto, cada um aparece no seu momento e marca presença. Cativando o leitor e se gravando em sua memória.
Confesso que tiveram vezes que gostei mais de Mirian, uma amiga que Angel faz no decorrer da história, do que dela mesma. Suas atitudes adultas de mais para uma garota de dezesseis anos e sua personalidade destemida me ganharam assim que ela apareceu pela primeira vez.
Paul, irmão de Michael, por sua vez conseguiu me tirar do sério! Pensa em um camarada irritante e prepotente, ele só me ganhou mesmo nos últimos capítulos. Quando finalmente assumiu sua burrice e intolerância quanto a Angel.
As descrições da autora são na medida certa. Sempre se aprofundando quando necessário, isso sem ser cansativa, o que pra mim é uma dádiva! O desfecho apesar de já esperado, foi emocionante. Essa é uma leitura indispensável para as boas amantes de um romance, esse não é um daqueles livros superficiais, ele é profundo e nos ensina como é o verdadeiro amor. Tanto do homem, quanto o de Deus.

Quanto a diagramação eu não posso dizer muito porque eu o li em e-book. Mas a capa fala por si só, não é?
– Você nem sabe por que o deixei. - Michael a agarrou e a virou.
– Ah, sei sim! - Puxou Angel e a abraçou.
– Você veio embora por causa disso.  
E a beijou. Quando ela tentou se livrar, ele segurou-lhe a cabeça por trás. Angel se debateu mais quando o fogo traiçoeiro a dominou. Finalmente parou de lutar e Michael soltou os cabelos louros que ela tinha presos pelo lenço. Enfiou os dedos no meio deles, inclinando a cabeça dela para trás. Angel sentia as batidas violentas do coração dele na palma das mãos.
– Foi isso, não foi? – ele disse, com a voz rouca.
Envergonhada, ela tentou se virar para o outro lado, mas ele não deixou.
– Não foi? 
– Não quero sentir isso – sussurrou, derrotada.


Gostou da resenha? Já leu o livro ou quer ler?


Por:. Ana Carolina Lopes blog:. Princesas do Senhor
Share on Google Plus

About Pedro Rizzo

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

0 comentários :

Postar um comentário